FedEx Newsroom

FedEx Newsroom

FEDEX EXPRESS ACOMPANHA CRESCIMENTO DO BRASIL E DO CONE SUL COM MELHOR ACESSO PARA MERCADOS LOCAIS

August 21, 2007

São Paulo, 21 de agosto de 2007 – A FedEx Express, maior empresa de transporte expresso do mundo e fornecedora de soluções de logística global, anuncia esta semana o aumento de sua capacidade de carga entre o Brasil e os Estados Unidos e na região do Cone Sul na América Latina (Brasil, Argentina, Chile e Uruguai), para atender à crescente demanda de mercado na região.

Esta iniciativa reforça o compromisso da empresa em fortalecer as economias locais por meio de um melhor acesso aos mercados globais, utilizando-se de sua rede, que conecta mais de 220 países e territórios.

Desde o início do mês, os vôos operados de segunda a quinta-feira entre o Aeroporto de Viracopos (Campinas, SP) e o Hub Central da FedEx Express em Memphis (Tennessee, EUA), antes feitos por uma aeronave MD10, passam a ser executados por um MD11. Aos sábados a companhia já operava com essa aeronave de maior capacidade. A troca de equipamentos durante a semana possibilitará à FedEx Express um aumento de capacidade total da ordem de 36 toneladas semanais – um aumento de cerca de 10% em relação à capacidade anterior, resultando em uma capacidade total de 385 toneladas por semana.

 “A demanda crescente e a expressividade com que a FedEx Express vem atuando no mercado brasileiro fizeram da expansão de capacidade uma necessidade”, afirma Carlos Ienne, diretor geral executivo da FedEx Express para a região. “Estamos muito satisfeitos com essa expansão porque ela nos permite conectar nossos clientes com a economia do mercado global de uma maneira rápida e eficiente”, complementa o executivo.

A FedEx Express também está ampliando sua presença na América Latina por meio de um acordo de serviços cooperativos com a VARIGLOG, a maior companhia de logística doméstica do Brasil. Inicialmente, as duas empresas pretendem cooperar por interline, por meio das quais elas irão transferir carga de um vôo para outro. Os vôos continuarão operando sob os códigos das companhias.

Assim que tiverem todas as aprovações governamentais, a FedEx Express e a VARIGLOG pretendem implementar um code-share com acordo de espaços bloqueados, o que irá melhorar o nível de cooperação desses serviços, por meio dos quais cada companhia permitirá à outra utilizar um determinado espaço em suas aeronaves que operam na região do Cone Sul da América Latina (Argentina, Chile, Brasil e Uruguai), triplicando a capacidade de carga disponível para essa área.

A capacidade adicional permitirá à FedEx Express oferecer o serviço International Priority Freight®  tanto para os países do Cone Sul entre si, quanto dentro e fora da Argentina e do Chile. O FedEx International Priority Freight é um serviço confiável, com tempo definido de entrega para cargas paletizadas.

De segunda a quinta-feira, a FedEx Express pode utilizar espaços de uma das aeronaves da frota B-757, recém-adquirida pela VARIGLOG. Aos sábados, a VARIGLOG terá acesso a espaços na aeronave MD11 da FedEx Express.

O resultado do acordo operacional inclui o desenvolvimento de mercados internos do Cone Sul, o aumento no nível do serviço e a simplificação de operações na Argentina e no Chile, permitindo a chegada da carga mais cedo em Santiago. “Esse acordo será muito benéfico não só às duas empresas, mas aos mercados envolvidos, cujas transações de autopeças, automóveis, vinho, couro e outros produtos estão amadurecendo rapidamente”, afirma Ienne. “Queremos não só contribuir para o aquecimento das trocas comerciais entre Brasil, Chile, Argentina e Uruguai, como também conectar esses mercados ao mundo”.

“Para a VARIGLOG, o acordo recém-firmado com a FedEx Express, empresa pioneira neste negócio, significa o reconhecimento do nível de competência e qualidade já conquistado pela nossa empresa”, afirma João Luis Bernes de Sousa, presidente da VARIGLOG.

Sobre a FedEx Express

A FedEx Express é a maior empresa de transporte expresso do mundo, com entrega rápida e confiável para mais de 220 países e territórios. A FedEx Express utiliza uma rede global aérea e terrestre para acelerar a entrega de pacotes em tempo definido, na data e hora programadas, com a garantia de devolução de frete. A divisão da FedEx Express América Latina e Caribe atende mais de 50 países e territórios em toda América Latina e Caribe e emprega mais de 3.400 pessoas comprometidas com a total satisfação do cliente, a cada dia útil do ano.

Sobre a FedEx Corp.,

A FedEx Corp. (NYSE:FDX) oferece uma gama completa serviços de transporte, comércio eletrônico e serviços de negócios a clientes e empresas de todo o mundo. Com receita anual de US$ 35 bilhões, a companhia oferece aplicativos integrados de negócios através das empresas que competem juntas no mercado e são administradas de forma colaborada, sob as respeitadas marcas da FedEx. Considerada constantemente entre as companhias empregadoras de maior admiração e respeito do mundo, a FedEx inspira seus mais de 280 mil funcionários e terceirizados a manterem uma postura “absolutamente positiva”, concentrados na segurança, nos mais altos padrões éticos e profissionais e nas necessidades de seus clientes e comunidades. Para obter mais informações, visite http://news.van.fedex.com

Sobre a VARIG LOG

Maior empresa de logística do Brasil, a VARIGLOG opera desde 25 de agosto de 2000, após acumular mais de 70 anos de experiência no transporte aéreo como unidade de negócios na antiga Varig.

Com um modelo de negócios inovador na América Latina, que atua na entrega e coleta porta a porta, a VARIGLOG tem know how para transportar todo tipo de carga: animais vivos, perecíveis, objetos de valor, artigos perigosos, equipamentos para shows e eventos, obras de arte, veículos, computadores, produtos farmacêuticos, eletro-eletrônicos, etc. Entre as mais complexas, já transportou plasma humano do Brasil para a França e o altar de uma igreja em Olinda para ser exposto em Nova York.  

A frota da VARIGLOG atualmente é composta por 13 aeronaves de grande porte, sendo 2 MD11, 4 DC10, 6 B757-200 (dos 8 adquiridos recentemente), 3 B727-200 e 9 de pequeno porte (Cessna e Bandeirante), totalizando 24 aviões cargueiros, que junto às mais de 90 rotas rodoviárias no Brasil constituem a maior malha rodo-aérea de uma empresa privada de entregas expressa.

You may also like: